terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Aquela noite

Noite escura com céu nublado e estrelas flutuantes
Amor que queima,arde e me envolve em teu corpo
Luz que converge para si todo o espectro cambiante
Sol que ilumina e me faz sentir o novo dia nascendo
Felicidade que reluz e reacende do meu peito todo o amor
Que dantes, quando o nada fora posto,
Divergiu o meu futuro da incerteza

Um comentário:

  1. "Divergiu o meu futuro da incerteza", que frase profunda...

    ResponderExcluir